Menu
Atualizado em 12/06/2019 às 18h23

Liminar do TJ determina que 70% dos servidores públicos de Matão permaneçam trabalhando

Categoria entrou em greve na segunda-feira (10) por reajuste salarial de 4% e R$ 100 de ticket alimentação. Sindicato diz que serviços essenciais continuam sendo oferecidos. Servidores de Matão estão em greve por reajuste salarial
Reprodução/EPTV
Uma liminar do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determina que 70% dos servidores públicos permaneçam trabalhando, sob pena de multa diária de R$ 5 mil para o sindicato da categoria. Os funcionários estão em greve desde segunda-feira (10) e pedem reajuste de 4%, além de aumento de R$ 100 no ticket alimentação.
A decisão desta terça-feira (12) é do vice-presidente do TJ, Artur Marques da Silva Filho e vale para todas as categorias.
O Sindicato dos Servidores informou que a greve continua na quinta-feira (13) e que os serviços essenciais continuam sendo oferecidos.
Servidores de Matão entram em greve por reajuste de 4%
“Do exposto, ante os graves prejuízos que podem ser...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS