Menu
Atualizado em 16/07/2019 às 04h20

Máfia usou máquinas de construção para esconder 1,2 t de cocaína em SP

Apreensão no Porto de Santos desmantelou esquema que usava a Costa do Marfim, na África, para levar toneladas de cocaína à Itália, na Europa. Investigação internacional teve participação da Receita Federal e da Polícia Federal. Dez pessoas de três nacionalidades foram presas e droga seria vendida por cerca de R$ 1 bilhão. Operários levaram quase 13h para abrir rolos compressores no Porto de Santos, SP
Uma investigação envolvendo autoridades policiais e alfandegárias de três continentes identificou que mafiosos italianos eram os donos de quase 1,2 tonelada de cocaína apreendida no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, em setembro de 2018. Dez pessoas de três nacionalidades foram presas na África, com apoio da Receita Federal e da Polícia Federal.
A organização criminosa foi desmantelada nas últimas semanas depois que agentes federais encontraram, no cais santista, as centenas de tabletes de cocaína puríssima em rolos compressores que...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS