Menu
Atualizado em 19/08/2019 às 01h00

Por que é possível falar do Pinheiros limpo para 2022


A primeira pergunta que todo mundo se faz quando falamos do rio Pinheiros limpo até 2022 é: o que há de diferente agora para atingirmos essa meta? Se tanta coisa já foi feita, o que nos possibilita acreditar em algo que queremos tanto e que seria tão simbólico para São Paulo?

Podemos citar seis fatores que se somam agora, cada um importante em um aspecto, seja político, estrutural, logístico, econômico, técnico e social. O primeiro é a união de várias áreas e órgãos no âmbito da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Isso permite uma atuação mais rápida e conjugada de Sabesp, Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia), Cetesb e Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica), cada um trabalhando com rigor dentro das suas atribuições.
Junte-se isso à disposição das prefeituras da região em contribuir e temos uma conjuntura nova e muito propícia.
Leia mais (08/19/2019 - 02h00)

Fonte: Folha UOL

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS