Menu
Atualizado em 11/09/2019 às 20h00

Jovem é condenado a mais de 24 anos de prisão por morte de segurança em casa noturna

Crime aconteceu em outubro de 2016 em Pindamonhangaba. Ele foi absolvido de outras duas acusações em júri popular. Segurança Alexandro Sótenos morreu após ser baleado em casa noturna
Reprodução/ Facebook
Um jovem de 23 anos foi condenado a 24 anos e seis meses de prisão pela morte de um segurança em uma casa noturna em Pindamonhangaba e por porte de arma. O crime foi em outubro de 2016 e outras cinco pessoas ficaram feridas.
A sentença, do juiz Alexandre Levy Perrucci, foi expedida após um júri popular, que durou 9h30 no fórum de Pinda. A audiência contou com 13 jurados, teve acusação pelo Ministério Público, com o promotor Carlos Eduardo de Castro Paciello, e o advogado Marcio Roberto Guimarães como defesa do acusado. Ele disse que vai recorrer.
Na decisão, o juiz decidiu que o homicídio foi duplamente qualificado porque o crime foi doloso (quando há a intenção de matar) e por motivo fútil. Por esse crime ele foi condenado a 21...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS