Menu
Atualizado em 16/09/2019 às 04h40

Irmão de jogador morto após defender namorada desabafa: 'Não tenho raiva'

Para a Polícia Civil, Maicon Moreira, de 35 anos, agiu em legítima de defesa ao matar o atleta. Antes da chegada a PM na cena do crime, irmãs do agressor tentaram escondê-lo. Jogador de futebol Ewerton Rodrigues morreu após ser esfaqueado em Bertioga
Arquivo Pessoal
O irmão do jogador de futebol Ewerton Rodrigues de Melo de Souza, de 21 anos, morto a facadas pelo técnico em refrigeração Maicon Pereira Moreira, de 35 anos, em Bertioga (SP), estudou na mesma escola do autor do crime. Em entrevista ao G1 nesta segunda-feira (16), a família da vítima disse que tenta se recuperar da perda e espera por justiça. O caso ainda é investigado pela Polícia Civil.
O jogador e amigos agrediram Maicon depois que uma mulher o acusou de assédio. Para a Polícia Civil, o técnico, que já tem passagem por tráfico de drogas, agiu em legítima defesa ao esfaquear Ewerton. Por isso, ele foi preso pela importunação sexual e teve o flagrante convertido em...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS