Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 12h00

Assassinatos preocupam moradores de rua em Ribeirão Preto: 'a gente não tem segurança'

Desde o fim de semana, ao menos três pessoas morreram após serem agredidas. Município tem hoje em torno de 1 mil pessoas vivendo nas ruas. Morador de rua há dez anos, um homem que prefere não ser identificado não esconde o medo diante dos recorrentes casos de agressões registrados em Ribeirão Preto (SP).
Desde o último fim de semana, ao menos três pessoas nas mesmas condições que a dele foram mortas. Ninguém foi preso. "Muito medo, a gente não tem segurança nenhuma", diz, em entrevista à EPTV, afiliada da TV Globo.
Vivendo com o que consegue com a coleta de materiais recicláveis e esmolas, e dependente químico, o homem afirma que já viu pessoas como ele expostas às mais diversas situações de violência. "O povo põe fogo na gente, rouba, às vezes chinelo, sapato, amanhece sem nada", descreve.
O secretário municipal de Assistência Social, Guido Desinde Filho, afirma que a pasta realiza abordagens constantes para desestimular as pessoas...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS