Menu
Atualizado em 10/10/2019 às 04h20

Médicos retiram 40 larvas que estavam comendo cabeça de criança em SP

Segundo o médico veterinário, que acompanha o caso desde o início, pela larva ser recorrente em animais, a criança já está fora de risco. Menina de sete anos foi internada com uma lesão causada por parasitas na cabeça em Praia Grande, SP
Reprodução/Boca no Trombone PG
A criança de sete anos internada com uma lesão causada por parasitas na cabeça, no Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, já teve mais de 40 larvas retiradas, segundo o médico veterinário Fabiano Miranda, de 39 anos, que acompanha o caso desde o início.
A menina foi internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Samambaia no dia 3 de outubro. Segundo a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), gestora da unidade, a criança ficou em atendimento médico no local até sexta-feira (4), sendo transferida ao Hospital Irmã Dulce. O Conselho Tutelar investiga o caso, que segue em segredo de Justiça.
"Nas primeiras 24h, ainda no...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS