Menu
Atualizado em 13/09/2019 às 10h20

Esqueletos conhecidos como 'amantes de Modena' eram homens, indica estudo

Os homens viveram em Modena, na Itália, há 1.600 anos atrás e foram encontrados em 2011. Uma nova técnica, que usa proteína de esmalte dos dentes, permitiu a descoberta. 'Amantes de Modena' eram homens, diz estudo
Archeomodena/Reprodução/TV Globo
Pesquisadores descobriram que dois esqueletos, conhecidos como "os amantes de Modena" por estarem de mãos dadas, eram homens. A descoberta foi publicada no periódico científico Scientific Reports.
Os homens viveram em Modena há 1.600 anos atrás. Eles foram encontrados na Itália em 2011 e estavam mal preservados.
Até então os cientistas nunca haviam conseguido determinar o sexo dos esqueletos. Uma nova técnica, que usa proteína de esmalte dos dentes, permitiu a descoberta.
Os cientistas mapearam a presença de uma proteína que só existe na arcada dentária de homens. A "isoforma Y da amelogenina" estava presente nestes esqueletos.
Os pesquisadores dizem que os dois homens foram...

Fonte: Globo.com

Saúde

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS