Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 06h40

Aos 97 anos, John B. Goodenough passa a ser a pessoa mais velha a ganhar o Nobel

Americano ganhou o Nobel de Química pelo desenvolveu baterias de íons de lítio, ao lado do britânico M. Stanley Whittingham e do japonês Akira Yoshino. Imagem de arquivo mostra John Goodenough ao lado do ex-presidente dos EUA, Barack Obama, na cerimônia em que recebeu a medalha Nacional de Ciência em 1º de fevereiro de 2013
Brendan Hoffman / Getty Images América do Norte / AFP
O americano John B. Goodenough, de 97 anos, passou a ser a pessoa mais velha a ganhar um prêmio Nobel. Ele ganhou nesta quarta-feira (9) o Nobel de Química pelo desenvolvimento de baterias de íons de lítio, ao lado do britânico M. Stanley Whittingham e do japonês Akira Yoshino.
Descoberta no início da década de 70, as baterias são usadas em celulares, notebooks e carros elétricos.
O britânico M. Stanley Whittingham, de 77 anos, é professor na Universidade Binghamton, parte da Universidade Estadual de Nova York, também nos Estados Unidos.
O...

Fonte: Globo.com

Saúde

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS