Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 06h20

Nobel de Química 2019 vai para trio que desenvolveu baterias de íons de lítio

John B. Goodenough, M. Stanley Whittingham e Akira Yoshino desenvolveram as baterias hoje usadas em celulares, notebooks e carros elétricos. Aos 97 anos, John B. Goodenough passa a ser a pessoa mais velha a ganhar o Nobel. John B. Goodenough, M. Stanley Whittingham e Akira Yoshino ganhadores do Prêmio Nobel de Química de 2019 pelo desenvolvimento de baterias de íon de lítio
Naina Helen Jama / TT News Agency / Reuters
O americano John B. Goodenough, o britânico M. Stanley Whittingham e o japonês Akira Yoshino são os vencedores do Prêmio Nobel 2019 de Química pelo desenvolvimento de baterias de íons de lítio, hoje usadas em celulares, notebooks e carros elétricos. A descoberta foi feita no começo da década de 70.
"Os laureados lançaram as bases de uma sociedade sem fio e livre de combustíveis fósseis", avaliou o comitê do Nobel ao anunciar o prêmio no Twitter.
"Ganhamos acesso a uma revolução técnica", afirmou Sara Snogerup Linse,...

Fonte: Globo.com

Saúde

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS