Menu
Atualizado em 13/08/2019 às 17h20

Brasileira morta em Luxemburgo estava de passagem marcada para voltar a SC nesta terça, diz filha

Catarinense Dione Streckert, de 52 anos, foi agredida no sábado e morreu no domingo. Ex-companheiro português foi preso. Mulher de SC morre após ser esfaqueada em Luxemburgo; companheiro é suspeito do crime
A catarinense Dione Streckert, de 52 anos, que morreu no domingo (11) em Luxemburgo, estava de passagem marcada para voltar ao Brasil nesta terça-feira (13), conforme uma filha da vítima. O ex-companheiro dela, um homem português, foi preso suspeito do assassinato em um apartamento na região central de Esch-sur-Alzette.
Dione é natural de Xaxim, no Oeste catarinense, e foi encontrada por vizinhos, que acionaram polícia e atendimento médico no sábado (10). Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital na madrugada de domingo.
Segundo uma filha da vítima, Dione já estava separada e havia prestado queixa contra o ex-companheiro. Ela pretendia pegar o avião na terça e chegaria a Santa Catarina na quarta (14).
Mulher foi morta em...

Fonte: Globo.com

SC - Florianópolis

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS