Menu
Atualizado em 16/07/2019 às 01h20

Burle, o marxista


A imagem do país lá fora anda um horror. E a indicação do filhão Eduardo Bolsonaro para a embaixada dos Estados Unidos, fazendo com que o Brasil se nivelasse a ditaduras africanas e árabes, só faz piorar a situação. Por sorte, alguns artistas nos limpam a barra. Foi assim com João Gilberto: seu talento e sua importância foram lembrados no mundo todo, com declarações de verdadeiros chefes de Estado e a homenagem de um minuto de silêncio feita pela Unesco.
Leia mais (07/16/2019 - 02h00)

Fonte: Folha UOL

SE - Aracaju

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS