Menu
Atualizado em 19/08/2019 às 01h20

Quebra-cabeças tático foi o astro da rodada das estreias


Líder do Brasileiro, o Santos de Jorge Sampaoli teve uma escalação diferente no início do jogo contra o Cruzeiro, no Mineirão. Para contrapor Rogério Ceni, a quem conhece a personalidade e a capacidade de surpreender, o técnico argentino tentou o antídoto no primeiro minuto.

 

O Cruzeiro não costuma ter velocidade, o Santos, então, apareceu com Lucas Veríssimo de lateral direito e Jorge de quarto zagueiro. Felipe Jonathan fazia o dublê de lateral esquerdo e meia, numa linha defensiva de quatro na defesa e só um zagueiro de ofício quando atacava.

 

O problema foi que Gustavo Henrique foi expulso na 1ª jogada de perigo e Sampaoli não se conformou. Quando levou Pará para o aquecimento, produziu espanto nas transmissões de rádio e TV: "Pará!?" Sampaoli deslocou Lucas Veríssimo para o meio da defesa, abriu Pará como lateral direito e manteve a estrutura anterior, com Jorge na zaga.
Leia...

Fonte: Folha UOL

SE - Aracaju

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS