Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 15h00

Preso em ação da PF, maior fraudador do INSS na Bahia recebia 6 benefícios falsos que chegavam a R$ 20 mil por mês

Em um dos benefícios, homem alegava ser incapacitado de trabalhar por ter câncer; filhos do suspeito também recebiam proventos falsos. Dois comparsas foram presos. Operação da PF prende um dos maiores fraudadores da previdência social, em Salvador
O homem que foi preso e identificado pela Polícia Federal como o maior fraudador do INSS na Bahia, nos últimos 40 anos, recebia seis benefícios diferentes, todos falsos, e gerou sozinho um prejuízo de R$ 2 milhões aos cofres públicos. Ele era o chefe da quadrilha alvo da Operação Caduceu, que cumpriu mandados no estado nesta quarta-feira (9).
De acordo com o delegado da PF, Breno Diniz, cinco dos seis benefícios tinham nomes falsos, enquanto em um deles o suspeito alegava ser incapacitado de trabalhar por ter câncer.
O homem, que foi preso no bairro da Barra nesta manhã, não teve nome divulgado pela PF. Só em Salvador, ele já responde a 15 processos penais pelos crimes relacionados à fraude do...

Fonte: Globo.com

SE - Aracaju

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS