Menu
Atualizado em 17/08/2019 às 20h20

Farmacêutico acusado de mandar matar advogado após briga por herança de R$ 7 milhões consegue decisão para deixar a cadeia

Farmacêutico alegou que deveria estar em cela especial por ter diploma de nível superior; como presídio não possui, ministro decidiu mandá-lo para prisão domiciliar. Decisão foi do Superior Tribunal de Justiça. Robson Barbosa é acusado de mandar matar advogado
Reprodução/Facebook
Robson Barbosa da Costa conseguiu uma decisão para responder ao processo pela morte do advogado Danilo Sandes em prisão domiciliar até que o estado providencie uma cela especial. Ele é suspeito de ser o mandante do assassinato após desavença na disputa por uma herança de R$ 7 milhões. A decisão do ministro Jorge Mussi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), foi publicada nesta sexta-feira (16).
O crime aconteceu em Araguaína, norte do Tocantins, no final de julho de 2017. A polícia indiciou o farmacêutico Robson Barbosa, um policial militar e um ex-PM pelo crime. A Justiça decidiu levá-los a júri popular ainda em março de 2018, mas o julgamento ainda não...

Fonte: Globo.com

TO - Palmas

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS