Menu
Atualizado em 22/08/2019 às 19h40

Ex-prefeito de Porto Nacional perde direitos políticos por ceder imóveis para empresas sem licitação

Otoniel Andrade teria permitido que particulares usassem campo de futebol e quiosque construídos pela prefeitura sem a realização de concorrência. Otoniel Andrade foi prefeito de Porto Nacional
Divulgação
O ex-prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade, teve os direitos políticos suspensos por cinco anos nesta quinta-feira (22). Ele foi considerado culpado em um processo em que era acusado de ceder imóveis públicos na cidade para empresas privadas sem realizar licitações. Os casos apontados na ação são de 2016.
O G1 tentou contato com o ex-prefeito para comentar o caso, mas as ligações não foram atendidas.
De acordo com o Ministério Público Estado, o ex-prefeito permitiu que as empresas explorassem o campo de futebol da Avenida Beira-Rio e um quiosque levantado na Praça Luiz Leite sem submeter as propostas à concorrência. A promotoria afirmou que o gestor fazia "cobranças indevidas" aos usuários pelo direito de utilizar as...

Fonte: Globo.com

TO - Palmas

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS