Menu
Atualizado em 22/08/2019 às 21h00

Justiça devolve cargo a prefeito suspeito de usar funcionários e máquinas na construção da própria casa

Desembargador Ronaldo Eurípedes entendeu que permanência de Neurivan Rodrigues de Sousa (PMN) no cargo não gera risco para as investigações. Ele manteve os bens do prefeito bloqueados. Prefeito de Carmolândia, Neurivan Rodrigues de Sousa, deve volta ao cargo
Divulgação/Prefeitura de Carmolândia
O desembargador Ronaldo Eurípedes, do Tribunal de Justiça do Tocantins, devolveu o cargo de prefeito de Carmolândia a Neurivan Rodrigues de Sousa (PMN). O político estava afastado desde o último dia 16 após o Ministério Público Estadual apresentar vídeos e fotos que mostram funcionários e máquinas da prefeitura sendo usadas na construção da casa dele.
Para o desembargador, a permanência de Neurivan no cargo não gera risco para as investigações. "O fato é que o afastamento cautelar do gestor municipal, por ora, se mostra medida extrema, não se justificando nessa fase primária de juízo, sobretudo, pela ausência de contraditório e por não se...

Fonte: Globo.com

TO - Palmas

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS