Menu
Atualizado em 19/09/2019 às 21h40

Justiça manda prefeitura regularizar situação do transporte escolar em Pau D'Arco

Pais denunciaram situação dos ônibus após combustível escapar de galão plástico que servia como tanque e espirrar em crianças. Justiça deu prazo de 24 horas para a situação ser resolvida. Justiça determina prazo para que transporte escolar seja regularizado em Pau D'Arco
O juiz José Carlos Ferreira Machado, da Comarca de Arapoema, deu um prazo de 24 horas para que a prefeitura de Pau D'Arco regularize a situação do transporte escolar na cidade. A medida foi tomada após o Ministério Público Estadual receber uma série de denúncias de pais de alunos. Em um dos casos mais graves, os estudantes teriam sido atingidos por combustível que vazou de um galão usado como tanque.
Os estudantes estão sem o serviço desde o dia 13 de setembro, quando a prefeitura rompeu o contrato com a empresa responsável pelos veículos alvos de denúncia. O juiz determinou multa diária de R$ 10 mil para o prefeito e a secretária de educação caso a decisão não seja...

Fonte: Globo.com

TO - Palmas

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS