Menu
Atualizado em 09/10/2019 às 13h40

Motorista acusado de dirigir embriagado e causar acidente que matou três pessoas é julgado após quatro anos

Acidente aconteceu na TO-050, em Palmas, em março de 2015. Casal e filho de nove anos morreram após a colisão. Bombeiros precisaram serrar a porta para retirar os corpos do casal
Divulgação/EPV
Está sendo realizado nesta quarta-feira (9) o julgamento do motorista Ronaldo da Silva, acusado de provocar o acidente que matou três pessoas da mesma família em 2015, na TO-050, em Palmas. Na época, a Polícia Civil informou que ele estava embriagado quando perdeu o controle de uma caminhonete, atravessou o canteiro central da TO-050 e atingiu o carro em que estavam um casal e os dois filhos. Apenas uma das crianças sobreviveu.
O acidente aconteceu em março de 2015. O casal Ana Carolina Noda Estevam, de 28 anos, e Bruno Sousa Estevam Santos, também de 28, morreu no local. O filho mais velho deles, Enzo Massahari Noda, de nove anos, chegou a ser internado, mas não resistiu e morreu no Hospital Geral de Palmas.
O julgamento começou durante a manhã e...

Fonte: Globo.com

TO - Palmas

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS