Menu
Atualizado em 20/10/2019 às 15h20

Após passar 48 dias em coma ao ser agredido a pauladas, homem tem sequelas: ‘não lembra'

Mulher conta que Fernando da Silva não consegue andar ou falar direito e tem lapso de memória. Ele ficou internado por três meses após ser agredido em bairro de Rio Branco. Fernando Roberto da Silva, de 53 anos, agredido a pauladas no bairro Cidade Nova, em Rio Branco, em junho desse ano
Arquivo pessoal
A vida de Fernando Roberto da Silva, de 53 anos, agredido a pauladas no bairro Cidade Nova, em Rio Branco, em junho deste ano, não voltou a ser a mesma após o ocorrido. Como sequela da agressão, ele não consegue falar ou andar direito e tem lapsos de memória.
A informação foi confirmada ao G1 pela mulher de Silva, a assessora parlamentar Francisca Siqueira, de 41 anos. Ela conta que teve que abandonar o emprego para cuidar do marido.
“Ele está em casa, mas ainda está debilitado. Falando e andando com dificuldade, não caminha sozinho, tem que estar sempre com um apoio. Lembra de algumas pessoas e outras não, tem dia que ele nem lembra de...

Fonte: Globo.com

AC - Rio Branco

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS