Menu
Atualizado em 11/10/2019 às 17h00

Empreiteira e executivos são condenados ao pagamento de mais de R$ 380 milhões em processo da Lava Jato

Conforme a decisão, a empresa e dois executivos pagaram propina a um ex-diretor da Petrobras; ação de improbidade administrativa foi julgada pela 3ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba. A empreiteira Mendes Júnior e dois executivos da empresa foram condenados ao pagamento de indenização de mais de R$ 380 milhões em um processo da Operação Lava Jato. A decisão, de quinta-feira (10), é do juiz Marcus Holz, da 3ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba.
O G1 tenta contato com a Mendes Júnior.
A ação de improbidade administrativa foi proposta pela força-tarefa da Lava Jato. Conforme a decisão, a empresa e os executivos pagaram propina ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa - o primeiro delator da operação.
O despacho aponta que a propina paga ao agente público variava de 1% a 3% do montante de contratos bilionários em licitações fraudulentas. Os valores, segundo a decisão, eram distribuídos por meio de operadores...

Fonte: Globo.com

Meio Ambiente

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS