Menu
Atualizado em 15/10/2019 às 17h40

Grupo de mães recorre ao MP para garantir acesso dos filhos com deficiência à educação inclusiva em RO

Somente em 2019, mais de 120 mães procuraram a Promotoria da Educação de Porto Velho com reclamações de desrespeito à legislação. MP deve propor Termo de Ajustamento de Conduta para o ano letivo de 2020. Com acesso à educação assegurado na Constituição Federal e em várias leis, muitas crianças com deficiência e suas famílias sofrem para conseguir usufruir desse direito primário. As dificuldades vão desde o acesso, com barreira na hora de fazer a matrícula, até a permanência, com a falta da assistência necessária a cada criança.
De acordo com o Ministério Público de Rondônia (MP-RO) apenas em 2019 foram mais de 120 denúncias de mães sobre dificuldades enfrentadas no acesso dos filhos ao ensino regular.
De acordo com a promotora responsável pela área em Porto Velho, Priscila Matzenbacher Tibes Machado, a maior parte das denúncias é relacionada a escolas particulares. Os motivos da criação de barreiras nessas escolas são variados e...

Fonte: Globo.com

RO - Porto Velho

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS