Menu
Atualizado em 18/10/2019 às 11h20

Travesti se finge de morta para sobreviver a enforcamento em Porto Velho

Ataque aconteceu após travesti ir cobrar mecânico por uma dívida de programa sexual. Outro rapaz que ajudou suspeito também foi conduzido à Central pelo crime. Suspeitos do crime foram conduzidos à Central de Polícia da capital
G1 Rondônia
Uma travesti de 20 anos se fingiu de morta para poder sobreviver a um ataque no bairro Nova Esperança, em Porto Velho. Segundo relato da vítima à Polícia Militar (PM), na quinta-feira (17) ela foi agredida e enforcada depois de ir cobrar um mecânico por uma dívida de programa sexual. Dois homens foram presos pelo crime.
De acordo com boletim policial, a tentativa de homicídio aconteceu depois da travesti ir até a casa de um homem, de 33 anos, para cobrar o valor de um programa sexual feito entre os dois, ainda na quinta-feira.
No imóvel, o suspeito e a travesti iniciaram uma discussão e depois passaram a se agredir com socos e pontapés. Neste momento a vítima foi arrastada pelo suspeito para dentro...

Fonte: Globo.com

RO - Porto Velho

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS