Menu
Atualizado em 18/10/2019 às 07h00

Operação Sevandija: 21 réus são condenados por desvio de R$ 105 milhões da Prefeitura de Ribeirão Preto

Três ex-secretários, 9 ex-vereadores e empresários são acusados de fraudes em licitações, recebimento de propina e uso de terceirizada como 'cabide de empregos' para apadrinhados. A Justiça condenou os ex-presidentes da Câmara de Ribeirão Preto (SP) Walter Gomes e Cícero Gomes, os ex-secretários municipais Marco Antônio dos Santos, Layr Luchesi Junior e Ângelo Invernizzi, e outros 16 réus, por um esquema de desvio de verbas públicas por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico (Coderp). Cabe recurso. Veja a condenação de cada réu abaixo.
Empresa de economia mista, cujo principal acionista é a própria Prefeitura, a Coderp era responsável pelos sistemas de informática e serviços terceirizados no governo municipal. A fraude foi identificada pela Operação Sevandija, deflagrada em 2016.
As investigações apontaram que a Atmosphera Construções e Empreendimentos, uma das prestadoras de serviço contratadas pela Coderp, funcionava como...

Fonte: Globo.com

SP - São Paulo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS