Menu
Atualizado em 08/11/2019 às 20h20

Após 11 anos de restauração, relógio raro está exposto no Museu Histórico de Santa Catarina

O objeto foi montado em 1943 e adquirido pelo Governo do Estado em 1945 durante o mandato de Nereu Ramos. Agora, ele volta para Florianópolis. Estrutura levou mais de 11 anos para ser restaurada e agora pode ser vista no Museu Histórico de Santa Catarina
Ricardo Wolffenbuttel / Governo de SC
"É um relógio único no mundo", afirmou, emocionado, o artesão Geraldo Ziebarth, 81 anos, responsável pelo conserto de uma peça especial, patrimônio dos catarinenses: um relógio montado em 1943 e adquirido pelo Governo do Estado em 1945 durante o mandato de Nereu Ramos.
O relógio é praticamente todo feito em madeira de Imbuia, inclusive as engrenagens - o que é considerado algo raro. Apenas alguns eixos e parafusos são feitos com outros materiais metálicos. Os ponteiros e os números romanos são feitos em madeira de pau-marfim.
A estrutura levou mais de 11 anos para ser restaurada e, a partir de sexta-feira (8), poderá ser vista no Museu Histórico de...

Fonte: Globo.com

SC - Florianópolis

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS