Menu
Atualizado em 21/10/2019 às 02h20

Mortes: Professor, gostava de jazz, política e uma boa conversa


A televisão era uma companhia. O celular entrou na rotina há menos de dois anos. A distância da tecnologia poderia ser uma escolha de estilo de vida qualquer, se Fábio Negrão não fosse um professor de comunicação da Unesp (Universidade Estadual Paulista). 
Leia mais (10/21/2019 - 02h00)

Fonte: Folha UOL

SE - Aracaju

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS